Ferguson quer categorias de base do Manchester treinem mais tempo

Por GLOBOESPORTE.COM

Sir Alex Ferguson, também conhecido por gastar pouco nas janelas de transferências e por ser um treinador acostumado a moldar jovens jogadores, acredita que os Diabos Vermelhos devem tentar “copiar” o jeito de trabalhar do Barcelona para também criarem novos talentos no futuro.

– As pessoas têm que entender a mecânica do futebol. A base é muito importante. Nos trabalhamos os jovens por pouco tempo no dia, enquanto eles podem treinar o dia inteiro, se quiserem. É uma grande vantagem e uma filosofia fantástica – disse.

O problema é que, na Inglaterra, há uma lei imposta pela Federação de Futebol do país que estipula que jogadores de até 16 anos não podem treinar por mais de 1h30 por dia. Segundo Ferguson, isso é prejudicial ao desenvolvimento dos jogadores.

– Espero que nos próximos anos tenhamos a possibilidade de trabalhar mais tempo com os jovens, de ensinar o básico, os fundamentos e a confiança para que eles possam jogar como esse time do Barcelona. Somos bons neste tipo de trabalho, mas ainda não tão bom como eles – completou.

Curiosamente, uma das gerações mais vitoriosas do Manchester United também nasceu nas categorias de base do clube. A famosa “Classe de 1992”, que tinha nomes como Beckham, Giggs e Scholes, conquistou diversos troféus, entre eles, a Liga dos Campeões de 1999.

Anúncios

Os comentários estão desativados.