Sub15 do Vasco goleia Nova Iguaçu fora de casa

Quinta, 21 de Abril de 2011
Nova Iguaçu F.C. 1×4 C.R. Vasco da Gama
9h no CT Laranjão em Nova Iguaçu

Gols de  Lauder (2), Igor, e Caio Monteiro

Vasco:  Alexandre; leo, Ítalo, Luiz Felipe e Loran; Matheus, Lucas, Caio Faier (Hugo Ribeiro) e Igor (Bruno Consendey); Lauder (Caio Monteiro) e Fernandinho (Markinhos). Técnico: Cássio. Coordenador: Fabio Fernandes. Prep. Físico: Guttemberg. Tr. de Goleiros: Rômulo Rodriguez.

O Sub15 do Vasco repetiu a escalação da estréia,, ainda sem os 5 atletas servindo à Seleção Brasileira. O adversário tradicional mostrou força logo no início procurando intimidar com faltas.

Apesar da marcação mais apertada, uma linda jogada no meio de campo com o Volante Matheus dando início pela direita tabelando com o Lateral Leo e que chegou a Caio Faier pelo centro da intermediária, foi enviada por este último em profundidade para Lauder abrir o placar.

Aqui vale um parênteses para este jogador do Mato Grosso do Sul que chegou este ano ao Vasco vindo do Palmeiras e que demonstra a cada oportunidade de gol que para ele futebol é levado muito a sério. Dificilmente ele executa uma finalização com displicência. Está a todo tempo querendo marcar, o que embora pareça óbvio mas, pode servir de exemplo até para atacantes adultos.

Voltando ao jogo, o domínio do Vasco na partida acabou materializado pelo Meia Igor aproveitando um rebote para fazer 2 a 0 de fora da área. Igor chegou ao Vasco vindo do Volta Redonda no último trimestre de 2010.

O Nova Iguaçu voltou com tudo na segunda etapa e logo diminuiu através de cobrança de pênalti. Durante alguns minutos a vitória cruzmaltina esteve ameaçada mas coube a Lauder mais um vez finalizar para o fundo das redes.

Assim como no primeiro jogo, o Técnico Cássio não se furtou a utilizar jogadores de primeiro ano como Markinhos, Caio Monteiro e Bruno Cosendey e novamente não decepcionaram, inclusive com Caio marcando o gol que deu números finais à partida.

Anúncios

Uma resposta para “Sub15 do Vasco goleia Nova Iguaçu fora de casa