Marketing do Bahia em busca de parceiros para Categorias de Base

O Bahia F.C. teve projeto de investimento em suas Categorias de Base aprovado pelo Ministério do Esporte no valor de 2,2 milhões de reais. O plano de prospecção de parceiros para o projeto é uma das prioridades do seu marketing e a idéia da diretoria tricolor é adotar uma postura mais proativa para tentar facilitar as negociações.

Depois do Carnaval, por exemplo, o Bahia fará um café da manhã para potenciais investidores. O clube vai lançar uma campanha para se aproximar de empresas e divulgar a possibilidade de investimento via renúncia fiscal.

– Nossa característica sempre foi revelar grandes jogadores. Queremos pegar esse momento de exposição gerado pelo segundo lugar na Copinha e agilizar essas conversas – disse Sacha Mamede, diretor de marketing da equipe tricolor para o MaquinadoEsporte.

Anúncios

Inter-RS promove redução de custos inclusive na Base

Após eliminação no Campeonato Gaúcho o Internacional resolveu acabar com seu time B e já contabiliza economia de um milhão de reais mês ao site do Gaz.

Porém, o processo de redução de custos continuará nas próximas semanas, afetando inclusive as categorias de base.

O Inter era considerado o clube mais rico do país. Oferecia sempre os melhores contratos para os jovens jogadores – suspira Roberto Siegmann, vice-presidente de Futebol do Colorado.

Ele não sabe ao certo quantos contratos da base foram rescindidos, mas não são poucos.

As coisas estão acontecendo sem tanta visibilidade. Estamos trabalhando – conclui.

Segundo informações do jornalista Leandro Behs, da ‘Zero Hora’, 30 jovens jogadores das categorias de base, entre juvenil e júnior, foram liberados além daqueles que integravam o Inter B.

 

Meia Guilherme participou de amistoso da Seleção Sub17

Meia Guilherme em amistoso pela Seleção Sub17

O Meia Guilherme, único representante do Vasco na delegação da Seleção Sub17 que se prepara para o Sulamericano disputou amistoso contra a equipe Sub20 do Botafogo.

O técnico Emerson Ávila jogou cada tempo com uma escalação e Guilherme formou o meio junto com Adryan, do Flamengo, na primeira etapa.

Nesta etapa o resultado parcial foi de 1 a 0 para o Botafogo com um gol apenas nos últimos minutos. Mas no fim da partida prevaleceu a maior idade do adversário e o Brasil acabou goleado por 4 a 1.

Os próximos desafios da seleção serão contra os juniores de Vasco e Fluminense, na quarta, e no sábado. A viajem para o Peru, onde será realizado o Sul-Americano está marcada para o dia 22.

Prefeito de Maricá anuncia parceria com o Vasco

Em sua página do Facebook o Prefeito de Maricá Washington QuaQuá anunciou na tarde de ontem que havia fechado acordo com o Vasco da Gama para que o Centro de Treinamento das divisões de Base do clube fosse construído em sua cidade.

“a noticia que vou dar aqui de primeira mao e de que fechamos a instalacao do Centro de Treinamento das divisoes de base do Vasco em Maricá!”

O CT faria parte do projeto esportivo chamado Maricá: Cidade Olímpica! que já conta com o Centro de Treinamento do Tiro com Arco com capacidade para abrigar 24 atletas. Futuramente, as instalações chegarão a 40 leitos, com sala de musculação, piscina e sala de estar. São 24 mil m² de área e já foram investidos R$ 320 mil. O Prefeito ainda busca trazer para cidade os CTs do Remo, do Tênis de Mesa e da Esgrima.

Sobre o CT do Vasco apenas adiantou que no projeto há a previsão de construção de uma arquibancada para 2.000 para atender às partidas oficiais da equipe Júnior.

Maricá fica a aproximadamente 60km da capital do Estado, considerado município da região metropolitana cujo acesso se faz pela Rodovia Amaral Peixoto.

Procurado pela reportagem do Lancenet!, o diretor das divisões de base do Vasco, Humberto Rocha, confirmou a existência do projeto. Segundo ele, ainda não há nada assinado, mas é bem viável que o projeto saia do papel nos próximos dias.

 

Entrevista com Juarez Fischer para o site Olheiros

O Ex-Coordenador de Avaliação e Captação do Vasco e atualmente no Grêmio, Juaarez Fischer, concedeu entrevista a Dassler Marques, Editor do site Olheiros.

Nesta entrevista Fischer fala sobre quase tudo: desafios no retorno ao Grêmio, avaliação sobre o que foi feito no Vasco, o funcionamento da maturação para entender como um jovem atleta pode evoluir e também o assédio do Internacional a garotos de outros clubes. Vale a pena conferir a íntegra no site Olheiros:

Só não comentou os motivos que o levaram a deixar o Vasco para retornar ao Grêmio. Mas sobre o restante foi bastante didático inclusive. Também não se furtou a dizer como avalia duas promessas do Vasco, o Meia Guilherme Costa e o Atacante Yago, ambos nascidos em 1992.

Olheiros – O que você pode dizer sobre o meia Guilherme, destaque da base do Vasco?

Fischer – Pode se esperar muito dele. Agora vai para o último ano de juvenil e pegou quase todas as convocações da seleção. É grande, canhoto, pode jogar como meia armador e tem uma bela perna esquerda. Tem força e técnica, deve evoluir nesse ano e, conforme for, já belisca um júnior, o que não é fácil porque a geração de /92 é muito boa.

Olheiros – E a respeito do Yago, atacante da mesma categoria /94?

Fischer – É muito bom, é outro jogador que tem tudo para jogar nesse ano. É rápido, veloz, um jogador de lado muito atrevido e sem nenhum medo. Precisa de uma preparação especial, porque tem problemas familiares, mas isso é natural. Ele já era titular no time /93, é um jogador especial.