Chegou a hora do Capitão Cestaro

Zezinho, ou José Cestaro completa neste Domingo 21 anos. No Vasco desde os 7 anos, o Goleiro conquistou o respeito de todos em São Januário e após passar por todas as categorias da Base, coroou sua trajetória com o Título Estadual Sub20.

Em 2011 o atleta chega numa fase crucial de sua carreira com seu segundo contrato profissional chegando ao fim em no final de Maio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Apesar do Título em 2010, o ano foi marcado pro muitos contratempos. Chamado a participar da pré-temporada do time adulto e da intertemporada em Mangaratiba, Cestaro acabou por contundir-se e acabou perdendo espaço com PC Guzmão, novo técnico que chegava.

Líder da equipe Júnior, fez tratamento intensivo com o mas moderno da fisioterapia para estar com os campanheiros nas finais do Estadual e, fundamental para o título, teve a honra de erguer a taça.

Mas para o resto da temporada ficou fora dos planos do elenco Adulto e sem espaço, permaneceu treinando com os Juniores, agora sem perspectivas de jogar o que lhe rendeu profunda depressão. Somado a isso, sofreu um acidente automobilístico que necessitou de 10 dias de internação e duas semanas de repouso em casa.

Quando tudo parecia perdido, foi abraçado pela Comissão Técnica dos Juniores liderada pelo ex-Goleiro do Vasco e Treinador de Goleiros Márcio Cazorla que com o auxílio do departamento profissional, auxiliou o atleta formado no Vasco para que ele pudesse superar este imenso obstáculo.

O incentivo não partiu só da comissão técnica do Júnior, o pessoal do profissional também esteve envolvido. Tem coisas que o atleta não sabe, tudo é conversado com o Carlos Germano, o coordenador Jair Bragança, o Gaúcho e o Rodrigo Caetano.

Neste período tentamos motivar, Cestaro estava no profissional e retornou ao Juniores, para o atleta é difícil lidar com esta situação, então procuramos mostrar a ele que só dependia dele conquistar seu espaço entre os profissionais, ele tinha uma oportunidade que muitos gostariam de ter, bastava ele dar o melhor de sí.

Cestaro, neste período teve um trabalho diferenciado, com profissionais da parte física e técnica, para que atingisse o melhor da sua forma para poder retornar ao profissional.

Márcio ainda fez questão de ressaltar as principais características do atleta.

Cestaro é um atleta querido por todos em São Januário, foi criado no Vasco, tem o espírito vascaíno. Além disto tudo, é um grande goleiro, com muitas qualidades, excelente técnica e um líder.

O comprometimento da comissão técnica fez efeito no capitão que livre a depressão voltou a treinar com afinco tendo treinado ininterruptamente no período de férias para poder se apresentar na pré-temporada.

O ídolo e Preparador de Goleiros do Adulto do Vasco, Carlos Germano, no início deste ano deu declaração ao Site Oficial sobre Cestaro.

– Ele é um goleiro que está praticamente 15 anos dentro do clube, desde o fraldinha no futsal. Foi campeão e capitão do time no título carioca (Júnior 2010), quando foi muito bem. Chegou a ser banco do Prass em vários jogos da Série B.

– É um jogador que tem um pouco de dificuldade com seu biotipo, mas vamos tentar deixar ele o mais próximo de estar em condições de jogo.Estou muito contente com ele, está dando uma volta por cima, por todos obstáculos que possui (passou). Vamos fazer o possível para ter suas oportunidades.

– Tratamos ele com muito carinho, é um profissional que os vascaínos já conhecem, todo mundo pergunta por ele, e é um cara vascaíno, foi criado em São Januário, vivendo toda a sua vida ali dentro. E quando for preciso, que ele também tenha sua oportunidade, e tem condições de chegar lá, é o único da base com condições de ser profissional atualmente, mas depende muito dele também.

Anúncios

5 Respostas para “Chegou a hora do Capitão Cestaro

  1. Alguém poderia me dizer por onde anda o jovem meia Daniel Barreto, contratado junto ao Americano de Campos/RJ? Grato.