Vasco é derrotado pelo Cruzeiro na Semifinal do Bras. Sub20

Dom, 19 de Dezembro de 2010
C.R. Vasco da Gama 1×3 Cruzeiro E.C.
19h na Ulbra de Canoas-RS

Gol de Romário Souza

Vasco: Covolan; Ari, Luan, Allan Miguel e Diogo; Elivélton, Luan Costa (Romário Souza), Arthur (Marlone) e Allan; Nílson e Jonathan. Comissão Técnica: Técnico: José Galdino. Coordenador: Jair Bragança. Prep. Físico: Newton Martins de Carvalho. T. de Goleiros: Marcio Cazorla. Suplentes: Conrado, Heitor Bastos, Júnior Fell, Washinton, Willen e Alan Jr.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

O Vasco começou melhor a partida e esteve mais perto da área do Cruzeiro nos primeiro 20 minutos da partida embora fosse evidente o pouco tempo em que mantinha a bola no meio de campo.

Continuar lendo

Anúncios

Vasco pensa em contratar João Maradona para Departamento de Captação

Segundo a Coluna Diário Esportivo do Jornal Diário de Pernambuco, o Técnico PC Guzmão teria indicado o Olheiro João Maranhão, que atualmente trabalha para o Sport mas que tem passagens por Santa Cruz, Náutico e Porto de Caruaru, à Diretoria Vascaína que recentemente perdeu Juarez Fisher que viera do Grêmio estruturar o setor de Avaliação e Captação do Vasco da Gama.

Observador Técnico João Maradona à esquerda na foto

Sub16 do Vasco conquista o 3º Lugar do Future Champions BH

Sáb, 18 de Dezembro de 2010
C.R. Vasco da Gama (5)1×1(4) Everton F.C.
17h no Campus da Uni-BH Estoril

Gol de Yago
Cobranças: Guilherme, Rento, Henrique, Allan e Yago

Vasco: Diego; Eduardo (Renato), Matheus, João e Lucas (Henrique); Waldir, Jonatas (Marquinhos), Jhon (Allan) e Guilherme; Érik (Rômulo) e Yago. Comissão Técnica: Técnico: Kleber de Freitas (Tornado). Coordenador: Antônio Teixeira. Prep. Físico: André Portella. Tr. de Goleiros: Marcelo Pires. Massagista Jacó. Roupeiro: Manfrini. Suplentes: Brenner e Gilson Jr.

Por Rafael Mendes para o Future Champions BH

O Vasco levou a melhor na disputa do terceiro lugar do Future Champions Sub-17: venceu o Everton nos pênaltis por 5 a 4, depois de um resultado de 1 a 1 no tempo normal. A equipe vascaína dominou a maior parte do jogo, mas encontrou grandes dificuldades devido à forte marcação feita pela equipe inglesa.

Continuar lendo