Vasco participará do Brasileiro Sub20 2010

A Federação Gaúcha de Futebol divulgou nesta quinta-feira a tabela do Campeonato Brasileiro Sub-20. A competição, que chega a sua 5ª edição, será disputada no Rio Grande do Sul, entre os dias 6 e 21 de dezembro. Caxias do Sul, Alvorada, Santa Maria, Santa Rosa, Canoas (semifinais) e Porto Alegre (finais) receberão as partidas.

Participam 19 clubes da Série A deste ano, pois o São Paulo recusou o convite. O Coritiba entra em seu lugar.

O sistema de disputa será o mesmo das edições anteriores. Os 20 clubes serão divididos em quatro grupos. Os dois primeiros de cada chave avançam às quartas de finais, quando as equipes se enfrentam em jogo único até a final.

O Vasco está no Grupo 4 sediado no Município de Santa Rosa, juntamente com Internacional, Corinthians, Goiás e Atlético-PR. A estreia do cruzmaltino será no dia 7 de Dezembro contra o Internacional

Só poderão disputar a competição atletas nascidos a partir de 01/01/1991 e os clubes devem entregar a lista de no máximo 20 atletas inscritos até o dia 1º de Dezembro para a organização da competição.

Tabela da fase Classificatória:

Anúncios

Vasco submete projeto de reforma dos Alojamentos ao Ministério dos Esportes

Sem perspectivas a longo prazo de construir o próprio centro de treinamento, o Vasco busca alternativas para melhorar sua infraestrutura  para a temporada 2011, um dos pontos principais para o diretor executivo Rodrigo Caetano renovar seu contrato por mais dois anos. Já foi enviado ao Ministério dos Esportes um projeto de R$ 851 mil para modernizar as instalações do alojamento localizado debaixo das arquibancadas de São Januário. A ideia do clube é aproveitar a Lei de Incentivo ao Esporte para criar melhorias para as categorias de base e o profissional.

Inicialmente, a reforma será feita no espaço hoje ocupado pelos atletas das divisões inferiores. A tendência é a de que o clube da Colina aproveite a melhoria para levar o elenco profissional para utilizar as novas instalações, deslocando os mais novos para o antigo hotel-concentração no edifício próximo à piscina.

– Isso faz parte do processo de transição enquanto não conseguimos a aquisição de terrenos para a construção de centros de treinamento para a base e o profissional -afirmou Cristiano Koehler, diretor geral do clube de São Januário e um dos idealizadores do projeto.

A diretoria cruzmaltina aguarda a aprovação do projeto pelo Ministério dos Esportes ainda este ano. Caso isso aconteça, a tendência será a de que o Vasco comande mais atividades em tempo integral em São Januário, segundo o site Goal.com.