Sub13 do Vasco vence Artsul pelo Estadual

Sáb, 2 de Outubro de 2010
C.R. Vasco da Gama 3×2 Artsul F.C.
10h em Rio Bonito

Gols de Gabriel Soeiro e Caio Monteiro (2)

Vasco: João Paulo, Cassinho (Matoso), Fabiano, Ricardo Graça e Gabriel Soeiro (Léo Regis); Lucas Santos, João Victor, Markinhos e Bruno Cosendey (Igor Máximo); Caio Monteiro e Leandro Ferreira (João Maciel). Técnico: Sérgio de Oliveira. Coordenador: Fábio Fernandes. Prep. Físico: Thiago Borges. T. Goleiros: Rodrigo Pinheiro.

O jogo foi muito difícil, como previsto, o Artsul tem um time muito forte fisicamente e faz uma marcação forte em nossos principais jogadores.

Logo no início do jogo o Cassinho entrou driblando pela área adversária e foi derrubado, penalti que o Vasco não converteu pois o goleiro espalmou para escanteio de forma sensacional e o 1º tempo terminou 0 x 0.

No 2º tempo o lateral esquerdo Gabriel Soeiro acertou um chute de 3 dedos na gaveta, 1 x 0. Os dois outros gols foram marcados por Caio sendo um de cabeça e outro de puro oportunismo aproveitando uma confusão na área.

A versão do Artsul para a partida pode ser encontrada no Blog do LuizinhoCruz

Corrente antes do início da partida

Mesmo jogando fora de casa, no campo do Rio Bonito Atlético Clube, de dimensões menores do que estamos acostumados a treinar, o Artsul se impôs defensivamente e conseguiu segurar o Vasco no primeiro tempo.

Antes dos 10 minutos o Vasco teve um penalti a seu favor, marcado corretamente. O goleiro Ruhan praticou uma defesa excelente se esticando e defendendo no cantinho com as pontas dos dedos!

O Vasco continuou um pouco melhor, com o Artsul, que estava desfalcado de seu principal jogador (meia direita Iago) e jogando com 3 volantes, sem conseguir trocar passes no meio campo. Mesmo assim, o Vasco só levava perigo nas bola aéreas onde Ruhan aparecia mais uma vez com segurança nas saídas. O Artsul teve uma única boa chance clara de gol, com Alexsander que perdeu cara a cara com o goleiro vascaíno.

A segunda etapa começou eletrizante! Logo com 4 minutos o nosso atacante Prince recebeu livre na meia lua, e poderia ter avançado para dentro da área, mas preferiu desferir o chute e isolou a bola perdendo a segunda boa chance do Artsul no jogo.

Logo após este lance, veio o primeiro grande erro do árbitro no jogo. O atleta vascaíno foi dominar bola no peito, na intermediária direita de nossa defesa, e acabou usando o braço para ajeitar a bola. O árbitro estava próximo, não quis marcar, e o jogador continuou o lance conduziu próximo a entrada da área e soltou a bomba no ângulo esquerdo do goleiro Ruhan, sem chances. Falha do árbitro e 1×0 Vasco.

O Vasco então cresceu no jogo, e logo ampliou. Aos 8 mins. ,  contra-ataque rápido, bola cruzada na área e o atacante vascaíno Leandro completou bela cabeçada no canto esquerdo. 2×0 e parecia que estava decidido.

Grande engano, pois mais tês minutos e o Artsul diminuiu com o zagueiro Pedro Jorge, aos 11 minutos. O jogo ganhou mais emoção com o treinador Figueiredo colocando mais atacantes em campo para tentar o empate, e o Vasco administrando o resultado no toque de bola.

Aos 16´, nosso zaga furou cabeçada na intermediária e a bola sobrou para o atacante cruzmaltino Leandro, que driblou o goleiro Ruhan, mas este se recuperou e fechou o ângulo novamente, fazendo com que o atacante cruzasse no segundo pau para outro jogador que veio de trás que chutou prensado com o zagueiro Claysson do Artsul, e marcou o terceiro.

A partir daí, o Vasco administrou mais ainda o resultado buscando os contra ataques para ampliar e o Artsul, mais na base da raça do que da técnica, tentava diminuir. E acabou conseguindo, aos 28 minutos, em falha da defesa do Vasco. Falha porque o gol foi de cabeça do pequenino Lucas Maradona, do Artsul, de cabeça!

O Artsul cresceu e o Vasco ficou nervoso. Mas o resultado não mudou,  3×2 para o Vasco da Gama, que mereceu mais a vitória.

Detalhe, para a desastrosa arbitragem, neste jogo!Ele conseguiu desagradar os dois lados, mas foi determinante ao falhar no primeiro gol do jogo. Mas isso não esconde o fato de que poderíamos ter feito melhor partida.

Anúncios

Os comentários estão desativados.