Seis atletas da base serão Profissionalizados

Nesta Sexta, 6 de Agosto foi publicada pela CBF a ‘remoção’ de 6 contratos Amadores que Vasco tinha registrado com atletas de sua base. Este procedimento é obrigatório para o registro dos respectivos contratos profissionais.

Dentre os jogadores, 3 tem idade Júnior e foram campeões estaduais no seu primeiro ano de categoria. O Zagueiro Roni Carlo, o Volante Rômulo Oliveira e o Meia Luciano Naninho.

Coincidentemente todos jogaram 6 partidas no Carioca deste ano. Porém cada um com uma trajetória.

Naninho foi a revelação do Vasco na fase final da Taça Rio, se nas categorias inferiores era utilizado na Lateral Direita, sob a orientação de Gaúcho e Galdino, foi utilizado como Meia de ligação após a contusão de Maicon Assis e de Marlone. Saiu-se muito bem e só não disputou os jogos finais pela descida de Allan Loureiro do profissional para reforçar a equipe.

O Volante Rômulo, não confundir com o que está atualmente no Adulto, também soube aproveitar as oportunidades assim que subiu para a categoria Júnior, porém uma contusão num treino na quadra sintética o afastou da competição.

Já o Zagueiro Roni chegou a ser convocado para a Seleção Sub18 neste ano, teve boa participação, embora prejudicada pela constância da dupla Genílson e Matheus, do Tigres e do crescimento do futebol de Allan Miguel.

Quanto aos Juvenis, temos os Meia Allan Machado e Marcelo Passos e o Atacante Yago.

Marcelo Passos, é o único 93, chegou ano passado e destacou-se na SC Cup assim como em 2010 foi importante na Copa Santiago, atualmente é titular da equipe juvenil do Vasco que disputa o Estadual.

Allan Machado, em seu primeiro ano de Juvenil já conquistou um espaço maior do que tinha no infantil do ano passado. Agora dedicando-se somente ao Futebol, foi destaque do Vasco na Copa 2 de Julho além de excelente participação na Copa Promissão.

Finalmente Yago, o jogador logo em seu primeiro ano de Juvenil assumiu a titularidade de uma das vagas do ataque e atualmente é o artilheiro da equipe no Estadual.

Somente Marcelo Passos e Roni Carlo chegaram em 2009 para o Juvenil do Vasco. Roni, após um experiência no exterior,chegou ao clube via Campo Grande. Quanto a Marcelo Passos, é oriundo da base do Santos.

Rômulo, Luciano Naninho, Allan Machado e Yago são formados no Vasco.

Anúncios

Rômulo concede entrevista ao L! no Ar

Rômulo foi titular no treino de hoje. (Foto: Marcelo Sadio)

Um dia depois de ter escalado o time titular do Vasco com o seu ‘quarteto mágico’, composto por Carlos Alberto, Felipe, Zé Roberto e Eder Luís, o técnico Paulo César Gusmão jogou um balde de água fria nos planos dos torcedores, que esperavam ver todos os craques juntos na partida deste domingo, às 18h30, contra o Vitória, em São Januário. Isso porque, no coletivo realizado na manhã desta sexta-feira, ele sacou Eder Luís e reforçou o meio-de-campo, com a entrada do volante Rômulo.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Lateral Máx foi destaque do coletivo de hoje

Segundo o Uol Esportes, o técnico Paulo César Gusmão aproveitou o coletivo desta manhã para fazer mais alguns testes no time do Vasco visando o confronto diante do Vitória, domingo,em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

Máx Silva em treinamento desta semana (Foto: Marcelo Sadio)

Um destes teste foi a entrada do Lateral Direito Máx para atuar pela Esquerda com Carlinhos jogando pela equipe reserva. Apesar da improvisação, Máx foi o grande destaque da movimentação fazendo 2 gols e dando assistência para outro de Felipe.

O resultado do coletivo foi de 4 a 0 para os titulares com Carlos Alberto fazendo o gol restante. A equipe titular foi assim formada: Fernando Prass, Fagner, Fernando, Dedé e Max; Nilton, Rafael Carioca, Rômulo e Felipe; Zé Roberto e Carlos Alberto.

Há matéria semelhante no globoesporte.com.

Máx, ao lado de Felipe, com colete de titular (Foto: Marcelo Sadio)

Em sua primeira entrevista coletiva, Max revelou ter chegado no Vasco em 1998, com 12 anos. Porém, o jogador contou também que foi dispensado pelo clube em 2007 ,já na categoria Juvenil, e se transferiu para a Ponte Preta. Um ano depois, a pedido do então técnico dos juniores Gaúcho, hoje auxiliar de PC, retornou à Colina.

Ele observou alguns jogos e me chamou de volta. Consegui fazer um bom trabalho nos juniores e agora estou tendo essa oportunidade nos profissionais. Fico muito feliz por isso – contou o jogador.

O Lateral mostrou uma evolução física muito grande neste período em que treina com a equipe Adulta, o que o ajudou a ser um dos destaques na decisão do Estadual Júnior.

É uma oportunidade que venho buscando faz muito tempo. Estou no profissonal desde o ano passado. Agora, é aproveitar a chance. A ficha ainda não caiu, mas na hora do jogo não vai ter problema. Quando eu pisar no gramado vou ver que chegou minha hora – disse com transcrição do Lancenet.

Como normalmente atuava como Lateral Direito, chegou a ser uma surpresa aparecer a chance de ser titular pelo Aduldo na esquerda. Porém o jogador mostrou-se tranquilo em poder desempenhar bem a função.

Fiquei surpreso. É uma notícia muito boa. Desde a base venho trabalhando e sempre mesclei meu jogo entre a esquerda e a direita. Cheguei aqui em 98, não haverá problema algum – afirmou com transcrição do globoesporte.com.

Sub15 do Vasco Domingo no Esporte Espetacular

No próximo Domingo irá ao ar reportagem do Esporte Espetacular sobre a Copa Brasil Sub15 da qual o Vasco conquistou o 3º lugar.

Elenco do Vasco na Copa Brasil Sub15

Em pé: Márcio, Douglas, Daniel, Thalles, Mosquito, Linderman, Igor, Bruce, Brenner e Thiago
Agachados: Índio, Berg, Macleison, Foguete, Renan,Alex, Baiano e Juninho

De olho no futuro, o “Esporte Espetacular” foi até Londrina, no Paraná, e acompanhou a Copa Brasil sub-15. A competição reuniu 20 equipes, divididas em quatro grupos de cinco.Será uma ótima oportunidade de ver imagens do Sub15 do Vasco.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.