Juvenil do Vasco abre vantagem na Semifinal do Carioca

Jogo de Ida
Semifinal do Carioca Juvenil

Sáb, 31 de Outubro de 2009
2X0
11h em São januário

Gols: Thiago Santos ‘Cigano’ e Dóryan

Escalação: Fabrício; Naninho (Yago), Luan Teixeira, Roni Carlo, Wellington Coelho e Luizinho; Rômulo, Pereira, Arthur (Douglas) e Leandro Motta (Dóryan); Thiago Santos ‘Cigano’ (Muralha). Técnico: Tornado. Coordenador: Antônio Teixeira. Não Entraram: Victor Brandão, Andrey e Cícero.

Na primeira partida da Semifinal do Carioca o Juvenil do Vasco conseguiu fazer valer seu mando de campo e venceu por 2 a 0 o Fluminense, time de melhor campanha no campeonato. O Vasco ainda teve um jogador expulso,Rômulo, pelo segundo cartão amarelo na metade do segundo tempo. Já vencia por 1 a 0 e mesmo assim conseguiu ampliar o placar.

O Técnico Tornado para contornar a suspensão do Lateral Esquerdo Maurinho, optou por improvisar o volante Luizinho ao invés de entrar com o reserva imediato, Thiago Oliveira. Também optou por retornar com a formação com 3 zagueiros com Luan pela direita, Roni no meio e Wellington Coelho pela esquerda. Na proteção da zaga, Rômulo e Pereira que neste jogo marcou mais avançado. Assim em campo o Vasco contava com 3 zagueiros e 3 volantes.

Na armação, Arthur ficava responsável pela ligação e Leandro Motta mais próximo do Centroavante Thiago Santos. Na prática o Vasco atacava com no máximo 4 jogadores, os dois Meias, o Atacante e ou um dos Laterais ou um dos Volantes. Armado com uma forte defesa, após roubada a bola a responsabilidade era passada aos Meias. O Vasco em toda partida em nenhum momento atacou compactadamente.

O Fluminense, por sua vez, entrou em campo claramente com a intenção de fazer o tempo passar. Com um ritmo propositalmente lento, tocava a bola lateralmente e atacava apenas nos espaços que o Vasco dava.

O pequeno público que compareceu à São Januário empurrou o time a todo momento e não faltou vontade, mas a estratégia do Fluminense ia dando certo, o Vasco começava a ser contaminado pelo ritmo lento do adversário quando, uma bola esticada despretensiosamente foi dividida entre o goleiro do Fluminense e o Centroavante Thiago Santos,  sobrou e o jogador vascaíno, com calma e categoria, livrou-se do goleiro e de fora da área tocou por cima do zagueiro para abrir o placar.

A Social de São Januário explodiu de alegria e contagiou o time que passou a pressionar o adversário de tal forma que houve espaço até para jogadas de efeito de Arthur e Leandro Motta além de muitas tabelinhas com a participação intensa do Lateral Direito Naninho que em muitos momentos se comportava como um autêntico Meia.

Ao fim do primeiro tempo havia um sensação de esperança no ar que logo foi desfeita pelo início do segundo tempo. Logo ficou claro que Leandro Motta sentia cãimbras. Dóryan que voltava de contusão foi colocado em seu lugar e o esquema foi alterado para o 5-3-2, concentrando toda a responsabilidade do meio para Arthur.

O Fluminense mesmo em desvantagem em nenhum momento alterou seu ritmo lento de jogar, mas aos poucos foi neutralizando o time do Vasco. Luizinho improvisado pela esquerda fazia uma grande partida, assim como Pereira jogando nesta partida como segundo Volante que marcava avançado tanto na esquerda como na direita. Arthur que já mostrava sinais de cansaço passou a passar de primeira e fazer lançamentos para poupar o fôlego.

A pressão que o Fluminense começou a fazer como reflexo do recuo do time do Vasco, fez com que os Zagueiros e o Goleiro Fabrício começassem a se destacar na partida, infelizmente nossos zagueiros tiveram que salvar o time em lances seguidos e quando eram vencidos aparecia Fabrício. Luan,Roni Carlo e Wellington, todos entram em jogadas salvadoras.

O Técnico Tornado subsituiu o Lateral Direito Naninho por Yago e manteve o improvisado Luizinho pela esquerda. Logo depois para piorar o Volante Rômulo foi expulso pelo segundo amarelo.

Arthur que era a melhor opção do time,já exausto ainda tentou algumas jogadas com Dóryan, principalmente pela direita mas muito isolados não levavam perigo ao Fluminense que passou a acreditar que poderia empatar a partida.

Então Tornado colocou Muralha no lugar de Thiago Santos e o jogador que tem o melhor lançamento do Juvenil, cumpriu sua missão. Sempre ajudando na marcação, o Vasco passou a sair de trás com qualidade através dos belos lançamentos de Muralha. Na frente Dóryan invariavelmente tinha que se virar sozinho.

O Vasco vivia o dilema entre buscar o segundo gol e segurar a vitória. Faltando 5 minutos para o fim do tempo regulamentar finalmente o Vasco fez a última alteração colocando o Meia Atacante Douglas no lugar do exausto Arthur.

Próximo ao fim do tempo regulamentar o Volante Pereira recebeu pela ponta esquerda, partiu pra cima do zagueiro, entrou na área e tocou para trás. Dóryan que entrava fechando do meio para esquerda chutou forte dentro da pequena área mas a bola bateu na zaga e saiu por cima.

O árbitro deu 3 minutos de acréscimo e na última jogada, numa bola já dominada pela zaga do Fluminense, Douglas que acabara de entrar, não desistiu da jogada, roubou a bola pela direita, carregou em direção ao meio e na saída do goleiro tocou para Dóryan livre marcar o segundo para delírio da Torcida Vascaína presente. Não houve tempo para mais nada.

 

Casaca

Casaca puxado por 'Tia' Dilma

 

O jogo de volta será disputado no próximo Sábado no CT de Xerém às 11h.


Anúncios

8 Respostas para “Juvenil do Vasco abre vantagem na Semifinal do Carioca

  1. Canizo , já esta passando da hora de fazer o contrato do naninho não acha ?
    os lateirais do juvenil são bons, mas a habilidade de menino não é normal !
    é um lateral muito dificil de se achar, acho que nem lateral ele é !
    Ele dribla andando parece até que ele esta se divertindo !

    BOA SORTE PARA O JUVENIL ! E VAMOS EM BUSCA DO CAMPEONATO CARIOCA 2009 .

    abraços

    • Parece que o Vasco postergou muito a assinatura de contratos profissionais com os atletas do juvenil.
      Isso de certa forma pode ter relação com a política do Vasco de trazer jogadores de fora.
      Com relação ao Naninho, ele joga muito. Tanto que deveria ter tido até mais oportunidades na meia.
      É um dos jogadores em que o Vasco deva estar apostando. Espero eu.

  2. sempre soube que esse arthur seria sem duvida um craque.em aprox. 6 meses o veremos no profissional do vasco.bem que eu queria ve lo no flamengo.esee menino sera em breve uma joia rara disputada pelos maiores clubes do brasil e do exterior.

  3. Amigos,

    Fui ao jogo e assisti com o Canizio e o Bira. Muito bom esse time de juuvenil. Destaques a meu ver, Luan Teixeira, Naninho (talvez fosse melhor aproveitado na meia), Roni, Pereira (grande volante, técnico e voluntarioso), Artur (grande promessa)e Leandro (saiu com caimbras, no início do 2 tempo).
    Porém vejo todos os guerreiros vascainos com futuro.
    Parabenizo pelo espírito de luta e determinação principalmente após a expulsão do Rômulo.
    O primeiro gol foi muito bonito, por cobertura encobrindo o zagueiro, o segundo foi com muita garra e determinação do Douglas que rolou sozinho para o Dóryan.
    Parabéns e vamos a Xerem com tudo.
    PS Gostei muito da tranquilidade do jovem Muralha.

    Vasco sempre.

  4. Douglas que acabara de entrar, não desistiu da jogada, roubou a bola pela direita, carregou em direção ao meio e na saída do goleiro tocou para Dóryan livre marcar o segundo para delírio da Torcida Vascaína presente.

    ESSE DOUGLAS É BRASILEIRO NÃO DESISTE NUNCA. VALEU MANO VEIO. EU DISSE QUE DEUS IA TE USAR . DEUS É FIEL.

  5. VAMOS SER CAMPEÕES ! PARABENS A TODOS, ESSE ARTHUR É MUITO FERA ! ele tem contrato ?