Arbitragem complica e Infantil do Vasco perde Estadual nos pênaltis.

Sáb, 24 de Novembro de 2007
C.R. Vasco da Gama (6)2×2(7) C.R. do Flamengo
9h no VascoBarra

Gols de Willen e Jonathan ‘Bahia’

Vasco: Caio (Fabrício), Johnath Marlone (Leandro Motta), Victor Belisário, Marcus Vinícius e Felipe Ferreira (Mark Douglas); Belchior, Wellington Coelho, Yuri e Philippe Coutinho; Wander (Luiz Philipe ‘Muralha’) e Willen. Técnico Marcus Alexandre Cravo.

Willen marca e é o artilheiro do Estadual

Willen, Artilheiro do campeonato com 18 gols

Site Oficial do Vasco

Com dois jogadores expulsos e um gol irregular sofrido, o Infantil do Vasco empatou em 2×2 contra o Flamengo na manhã deste sábado (24/11), no Vasco Barra, na segunda partida da final do Campeonato Estadual da categoria. Na decisão por pênaltis a garotada cruzmaltina perdeu por 7×6. Os gols do Vasco no tempo regulamentar foram marcados por Willen e Jonathan Baiano.

Além das revelações do volante Belchior e do meia atacante Philippe Coutinho, que integram a Seleção Brasileira Sub-15, outro jogador do Vasco surge como uma grande promessa é o atacante Willen (foto) que marcou seu 18º gol e se tornou o artilheiro da competição.

O Jogo

O adversário começou melhor a partida e chegou a levar perigo em algumas oportunidades. No entanto, os vascaínos não demoraram a equilibrar o jogo e poderiam ter aberto o placar em um chute de Willen e em uma jogada individual de Philippe Coutinho.

Quando era melhor no jogo, o Vasco perdeu Belchior, que não tinha cartão amarelo, e foi expulso diretamente pelo árbitro após falta idêntica à inúmeras cometidas por jogadores adversários. O primeiro tempo terminou 1×0 para o Flamengo.

Tenho que parabenizar a equipe, pois fizemos um bom campeonato. Graças a Deus consegui concluir com gols que foi importante”. Disse o artilheiro Willen.

Na volta do intervalo Mark Douglas cruzou na cabeça de Willen, que empatou o jogo. Na base da garra, Leandro Motta pela direita levantou a bola na área e Jonathan Baiano virou a partida também de cabeça: Vasco 2×1.

Em um lance sem bola entre Willen e um zagueiro rubro-negro, o bandeirinha alertou o árbitro, que expulsou o atacante vascaíno, até então o melhor em campo.

Apenas protegi a bola, o zagueiro deles veio com a cabeça em mim e o juiz me expulsou. Não entendo até agora o motivo do árbitro ter feito isso” – comentou, inconformado, o artilheiro Willen.

Com a desvantagem no placar, os jogadores do Flamengo procuraram criar uma confusão e agrediram o meia Phillippe Coutinho, que não reagiu.

O volante Bruno me deu um soco, colocou o dedo na minha cara mas eu fiquei na minha. O bandeirinha me disse para ficar tranqüilo, que o árbitro iria tomar as providências, mas infelizmente ele nada fez” – lamentou o craque da Seleção Brasileira Sub-15.

Nos acréscimos, a arbitragem marcou uma falta inexistente perto da área a favor dos rubro-negros. Na cobrança, a bola bateu no travessão, e o atacante adversário em posição irregular empatou a partida levando a decisão para os pênaltis, onde o Vasco perdeu por 7×6.

O juiz fez a diferença do jogo. Ele marcou uma falta inexistente faltando trinta segundos para terminar a partida” – disse o técnico Marcus Alexandre Cravo.

Netvasco

Jornal dos Sports

Em jogo emocionante, disputado na manhã deste sábado (24/11) no Vasco Barra, o Flamengo empatou com Vasco por 2 a 2 com um gol no último minuto e conquistou o título do Estadual Infantil na disputa de pênaltis ao vencer por 7 a 6. O goleiro Douglas saiu do banco para se tornar o herói do título rubro-negro.

Depois de um primeiro tempo morno, Vasco e Flamengo voltaram para segunda etapa dispostos a dar emoção aos torcedores presentes ao Vasco-Barra. Logo no início do segundo tempo, o Flamengo saiu em contra-ataque rápido e abriu o placar. O camisa 10 Ricardo arrancou pelo meio, tocou para Guilherme que chutou cruzado e o atacante Léo, que havia acabado de entrar, completou para o gol.

Aos 20 minutos, Marc Douglas, do Vasco, outro que entrou no segundo tempo, fez bela jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Willen, que subiu com estilo e cabeceou para o chão para empatar a partida. Mas logo após marcar o gol de empate, o atacante foi expulso por uma entrada violenta.

No entanto, a expulsão não abalou o time da Colina, e depois de cruzamento de Leandro Motta pela direita, Jonathan ‘Bahia’ subiu mais que a zaga rubro-negra e cabeceou forte para virar a partida.

Yuri que veio do Flamengo neste ano, comemorando o 2º gol do Vasco

Aos 32 minutos, Phillippe Coutinho teve a chance de matar o jogo. Ele arrancou livre desde o melo-de-campo, mas desperdiçou a oportunidade ao tentar encobrir o goleiro. E o castigo veio no último minuto de jogo, quando o Flamengo teve a chance do empate em falta na entrada da área. Lucas Quintino cobrou, e a bola bateu no travessão, no rebote Fernando apareceu para empatar novamente a partida e levar a decisão para os pênaltis. E nos pênaltis deu Flamengo: 7 a 6.

Para o goleiro Douglas, que defendeu a cobrança de Wellington Coelho, dando o título ao Flamengo, acreditar até o final foi o grande mérito da equipe. “Eu acreditei no empate até o final, e nosso time é persistente, nunca iria desistir.”

VASCO 2 X 2 FLAMENGO (Nos pênaltis, Vasco 6 x 7 Flamengo)

Competição: Campeonato Estadual Infantil (Final – Jogo de Volta)

Local: Vasco Barra, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 24/11/2007 (sábado). Hora: 9h.

Gols: Léo 10’/2ºT (FLA), Willen (cabeça) 21’/2ºT (VAS), Jonathan Marlone (cabeça) 25’/2ºT (VAS), Maciel 40’/2ºT (FLA).

Cartões amarelos: Ricardo (FLA), Felipe Ferreira (VAS), Luís Tadeu (FLA), Matheus (FLA), Maicon (FLA) e Jonathan Marlone (VAS).

Cartões vermelhos: Belchior (VAS), Luís Tadeu (FLA), Willen (VAS).

VASCO: Caio (Fabrício), Johnath Marlone (Leandro Motta), Victor, Marcus e Felipe Ferreira (Mark Douglas); Belchior, Wellington, Yuri, e Philippe Coutinho; Wander (Luiz Philipe) e Willen. Técnico Marcus Alexandre Cravo.

FLAMENGO: Bruno (Douglas), Luís Tadeu, Bryan, Igor e Anderson (Lohan); Bruno Medeiros, Maicon, Matheus (Fernando) e Guilherme; Ricardo (Alex) e Vinícius Maciel (Léo). Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Jornal dos Sports

Netvasco

Anúncios

Os comentários estão desativados.